Como superar o Fim de um Relacionamento?


Cada pessoa tem uma forma particular para lidar com as frustrações e com as perdas, por isso é importante respeitar a dor de quem está sofrendo pelo fim de um relacionamento.

Quem já passou por esta experiência sabe que a palavra superação não significa ausência de dor ou de tristeza, mas sim com a possibilidade de conviver com essas emoções, e de ressignificá-las.

Portanto um passo importante é reconhecer qual emoção você têm sentido e não lutar contra essa reação natural . Você pode sim: se sentir triste, chorar, sentir raiva, medo, culpa e tantas outras emoções. É natural inclusive que essas emoções se alternem junto com seus pensamentos sobre a pessoa que você convivia.

A busca por ajuda psicológica é indicada quando a dificuldade para lidar com o fim interfere na vida profissional, acadêmica ou social, enfim, quando a vida após o término do relacionamento fica "estacionada no fim".

A dificuldade para "seguir" com a própria vida sem a outra pessoa pode estar relacionada a forma como essa pessoa recebeu afeto na infância, ou pode ser um indício de baixa autoestima, ou pode também estar relacionada a uma grande idealização da outra pessoa ou do relacionamento em si. Essas e outras possibilidades são avaliadas na psicoterapia e são trabalhadas com o paciente para que possa gerenciar melhor suas emoções e pensamentos , e consiga conviver melhor com a própria companhia e com a ausência da outra pessoa.


9 visualizações

Responsável técnico:

Mara F. F. Pita

CRP:04/35.171

Links Relacionados:

  • Instagram
  • Facebook ícone social

Todos os direitos Reservados

Atendimento Presencial em

São José do Rio Preto

São Paulo

Brasil

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.