Como o GERENCIAMENTO do TEMPO afeta a sua Saúde Mental?


É comum ouvirmos frases como: “Gostaria que meu dia tivesse mais algumas horas”, “Não estou dando conta de tudo”, “Não tenho tempo para nada” e tantas outras nessa mesma linha. A questão é que o tempo realmente é um recurso limitado. Assim como outros recursos, o tempo pode ser negociável, vendido, gasto, economizado ou desperdiçado, além de poder ser bem ou mal administrado. E na ânsia para corresponder ao padrão social contemporâneo de produtividade, as pessoas dedicam um maior número de horas de atividade no dia, tentando ser cada vez mais eficientes. E o impacto disso em nossa saúde mental acontece justamente que por ser um recurso limitado, não dá para fazer tudo! É preciso fazer escolhas!


Fazer escolhas exige analisar, pensar. Portanto um bom gerenciamento de tempo começa dedicando um tempo para pensar em: COMO VOCÊ ESTÁ USANDO O SEU TEMPO? QUAIS AS ATIVIDADES QUE PREENCHEM OS SEUS DIAS? O QUANTO VOCÊ SENTE-SE SATISFEITO (A) AO REALIZÁ-LAS? QUAL A IMPORTÂNCIA DESSAS ATIVIDADES PARA VOCÊ?


Pesquisas apontam que pessoas que ocupam o seu tempo desempenhando atividades que vão ao encontro de seus valores pessoais são mais satisfeitas, e que se sentem mais motivadas para realizá-las. Valores são o conjunto de características de uma determinada pessoa ou organização, que determinam a forma como estas se comportam e interagem com outros indivíduos e com o meio ambiente. Um valor é algo inegociável, ele é tão importante para você que norteia o seu comportamento. Portanto, realizar atividades que estão relacionadas ao que você acredita trazem significado para suas ações e reduz a procrastinação.


Ao administrar bem seu tempo - determinando prioridades, programando horários e organizando-se - o indivíduo ganha um senso de domínio sobre a alocação de tempo, com uma percepção de controle sobre o tempo e consequentemente torna-se menos estressado, mais eficiente e mais satisfeito. Diminuindo assim a predisposição para quadros de estresse, ansiedade e outras complicações psicológicas.


Dentro dessa reflexão sobre como e com qual atividade você dedica o seu tempo, o segundo passo para um bom gerenciamento do tempo é equilibrar as suas necessidades! Somos seres multifacetados, com inúmeras demandas, temos necessidade de interagir socialmente com a família, amigos, colegas de trabalho; de aprender novas habilidades; de adquirir novos conhecimentos; de cuidar da saúde física e mental; de praticar atividades comunitárias, de ter práticas que envolvam o cuidado com o seu lado espiritual; a necessidade de atingir metas que envolvam a aquisição de bens materiais; enfim... tudo isso e muito mais são demandas que também precisam ser enquadradas dentro do recurso limitado que temos – o tempo! Por isso o autoconhecimento é tão importante! Te ajuda a perceber o que é importante para que você possa realizar um planejamento que te ajude a gerenciar melhor o seu tempo.


A gestão do tempo é algo dinâmico, assim como nossas necessidades e prioridades mudam, a reorganização do tempo é algo que exige uma pausa e uma reorganização de vez em quando. Portanto te convido a olhar para a sua vida, e identificar os seus valores, as suas necessidades atuais para que possa conseguir se beneficiar das técnicas existentes para te ajudar a gerenciar melhor o seu tempo, de modo que você esteja assim, cuidando da sua saúde mental!

9 visualizações

Responsável técnico:

Mara F. F. Pita

CRP:04/35.171

Links Relacionados:

  • Instagram
  • Facebook ícone social

Todos os direitos Reservados

Atendimento Presencial em

São José do Rio Preto

São Paulo

Brasil

Atenção: Este site não oferece tratamento ou aconselhamento imediato para pessoas em crise suicida.
Em caso de crise, ligue para 188 (CVV) ou acesse o site www.cvv.org.br. Em caso de emergência, procure atendimento em um hospital mais próximo.